CANCELAMENTOS E PONTUALIDADE RYANAIR – ACTUALIZAÇÃO

25 Sep 2017

Ryanair partilhou hoje uma actualização do seu progresso na resolução do cancelamento de 2,100 dos seus 103,000 voos programados em Setembro e Outubro:

  • Todos os 315,000 clientes foram notificados da alteração do seu voo por email (na segunda-feira, 18 de Setembro)
  • Até Domingo, 24 de Setembro, mais de 305,000 remarcações ou reembolsos foram processados (mais de 97% do total de clientes afectados)
  • Os restantes 3% (menos de 10,000 clientes) ainda não entraram em contacto com a Ryanair
  • Durante os últimos 7 dias, a pontualidade da Ryanair melhorou para 96% (detalhes na tabela abaixo)
  • Durante os últimos 7 dias, apenas 3 dos 16,000 voos operados foram cancelados (detalhes na tabela abaixo).

 

PONTUALIDADE E CANCELAMENTOS

Setembro Índice de Pontualidade Cancelamentos diários
Terça-feira 19 92% 0
Quarta-feira 20 97% 0
Quinta-feira 21 96% 0
Sexta-feira 22 96% 0
Sábado 23 100% 1 (encerramento de pista)
Domingo 24 95% 2 (desvios por mau tempo)
Segunda-feira 25 98%
Média 96%

 

 

Kenny Jacobs, da Ryanair, declara:

“Pedimos uma vez mais sinceras desculpas a cada um dos 315,000 clientes cujos voos foram cancelados durante este período de 6 semanas em Setembro e Outubro. Mais de 97% dos passageiros afectados viram já as suas reservas remarcadas ou reembolsadas, e solicitamos aos restantes 3% (menos de 10,000 clientes) que entrem em contacto connosco para aferir as suas opções de remarcação ou reembolso.

Não procedemos a cancelamentos adicionais de voos devido ao “roster” (planificação dos horários de pilotos e tripulação) e o índice de pontualidade até ao momento melhorou para os 96%, sendo que continuamos a trabalhar arduamente para solucionar esta falha de planeamento de horários. Reforçámos a equipa de atendimento ao cliente, que está dedicada a prestar assistência e dar resposta a todos os passageiros afectados, na certeza de que estamos a fazer todos os possíveis para resolver qualquer problema que lhes tenhamos causado, pelos quais uma vez mais pedimos as mais sinceras desculpas.”