A Ryanair Reconhece O Sindicato Ver.Di Para Os Tripulantes De Cabine Com Base Na Alemanha

19 Jul 2018

Mais De 60% Dos Tripulantes De Cabine Já Estão Cobertos Por Acordos Sindicais

A Ryanair anunciou hoje que assinou o seu terceiro acordo de reconhecimento sindical para tripulantes de cabine com a Ver.di. Ver.di será doravante a entidade que representa todos os tripulantes de cabine empregados directamente pela Ryanair na Alemanha.

Este acordo de reconhecimento sindical surge no seguimento de extensas negociações com a Ver.di, cobrindo o mercado Alemão. A Ryanair está desejosa por trabalhar com a Ver.di e o seu Conselho (de tripulantes de cabine) da Ryanair de forma a concluir um CCT (Contrato Colectivo de Trabalho) para os trabalhadores directamente empregados pela Ryanair com base na Alemanha. Este acordo segue-se ao primeiro acordo de reconhecimento sindical da Ryanair com a ANPAC/ANPAV em Itália e ao segundo assinado no Reino Unido com o sindicato UNITE.

Eddie Wilson, Chief People Officer da Ryanair, declara:

“Estamos muito contentes por assinar este acordo de reconhecimento com o sindicato de tripulantes de cabine Alemão Ver.di. Este é mais um sinal do progresso que a Ryanair tem vindo a levar a cabo com sindicatos desde a decisão de Dezembro de 2017 de reconhecer sindicatos, sendo que mais de 60% dos nossos tripulantes já estão cobertos por acordos de reconhecimento sindical.

Esperamos vir a anunciar mais acordos durante as próximas semanas nos países onde os sindicatos têm abordado estas negociações com uma atitude prática e positiva. Conforme confirmado por este crescente número de acordos de reconhecimento sindical para pilotos e tripulantes de cabine, estamos a progredir e a provar o nosso compromisso a todos os cépticos que duvidavam da sinceridade da nossa decisão de Dezembro de 2017. Mal podemos esperar por trabalhar com a Ver.di e o seu Conselho Ryanair no sentido de negociar um CCT para os nossos tripulantes de cabine empregados directamente com base na Alemanha.”