Our News

Our News

2 mins read
A Ryanair Resolve O Problema Dos “Voos Fantasma” Da Lufthansa – Basta Vender Lugares A Tarifas Baixas!!!

A Ryanair Resolve O Problema Dos “Voos Fantasma” Da Lufthansa – Basta Vender Lugares A Tarifas Baixas!!!

A Ryanair apela hoje (12 Janeiro) à Comissão Europeia que ignore as falsas alegações da Lufthansa sobre a operação de “voos fantasma”, apenas para que possa “bloquear” os seus slots e proteger-se da concorrência das companhias aéreas low-cost.  A solução é simples: a Lufthansa deveria vender lugares a tarifas baixas e recompensar os consumidores da UE, muitos dos quais responsáveis por financiar 12 mil milhões de euros de auxílios estatais que a Lufthansa e as suas filiais na Bélgica, Áustria e Suíça já receberam dos contribuintes durante os últimos 2 anos de pandemia.

A Lufthansa queixa-se dos “voos fantasma”, não devido a preocupações com o meio ambiente, mas sim para que possa proteger os seus slots (que não estão a utilizar), ao mesmo tempo que elimina a concorrência e a escolha do consumidor.

De acordo com Michael O’Leary, CEO do Grupo Ryanair:

“A solução para o problema dos “voos fantasma” da Lufthansa é simples – basta vender estes lugares aos consumidores. Se a Lufthansa precisa realmente de operar estes voos (apenas para evitar a libertação de slots para as companhias aéreas concorrentes), então deveria ser-lhes exigido que vendam estes lugares ao público a tarifas baixas. O público alemão e da UE já pagaram à Lufthansa milhares de milhões em ajudas estatais à Lufthansa e às suas subsidiárias, Brussels Airlines, Swiss e Austrian e, em vez de operar voos vazios, apenas para poder bloquear slots, a Lufthansa deveria disponibilizar  lugares nestes voos para venda a tarifas baixas para recompensar os contribuintes alemães e europeus que a subsidiaram com biliões de euros durante a pandemia.

A Lufthansa adora chorar lágrimas de crocodilo sobre o ambiente quando faz tudo ao seu alcance para proteger os seus slots. Estes são a forma como bloqueia a concorrência e limita a escolha em grandes aeroportos centrais como Frankfurt, Bruxelas Zaventem, Viena, entre outros. Se a Lufthansa não quer operar “voos fantasma” para proteger os seus slots, então basta vender estes lugares a tarifas baixas e ajudar a acelerar a recuperação das viagens aéreas de curta e longa distância de e para a Europa.

Entretanto, a Ryanair apela novamente à Comissão Europeia para forçar a Lufthansa e outras companhias aéreas subsidiadas pelo Estado a libertarem slots que não desejam utilizar, para que os GHOSTBUSTERS de tarifas baixas como a Ryanair, entre outros, possam oferecer escolha, concorrência, e tarifas mais baixas em aeroportos centrais. A UE deve ignorar as afirmações tendenciosas da Lufthansa sobre “voos fantasma” quando a solução é simples – vender os lugares nestes voos e sem precisar de ter “medo de voos fantasma””.

Related News

  • RYANAIR LAUNCHES PRAGUE – PAPHOS & KOSICE ROUTES

    Ryanair, Europe’s No.1 airline, today (1st August) celebrated the first flight from Prague to Paphos, while on Monday (3rd August) it will launch a twice weekly service to Kosice, both as part of its extended Summer 2020 schedule.

    To celebrate its new routes, Ryanair has launched a seat sale with fares from 729 Kc for travel to Kosice and from 759 Kc to Paphos, both until the end of October, which must be booked by Wednesday (5th August), only on the Ryanair.com website.

  • RYANAIR LAUNCHES PRAGUE – PAPHOS & KOSICE ROUTES

    Ryanair, Europe’s No.1 airline, today (1st August) celebrated the first flight from Prague to Paphos, while on Monday (3rd August) it will launch a twice weekly service to Kosice, both as part of its extended Summer 2020 schedule.

    To celebrate its new routes, Ryanair has launched a seat sale with fares from 729 Kc for travel to Kosice and from 759 Kc to Paphos, both until the end of October, which must be booked by Wednesday (5th August), only on the Ryanair.com website.