Ryanair Anuncia 22 Novas Rotas E Mais 3 Aviões Em Lisboa

05 Aug 2021

Mais Rotas Que A Tap A Destinos Europeus Desde Lisboa Neste Inverno

 

Lisboa, 5 de agosto de 2021. Ryanair, a maior companhia aérea europeia, anunciou um investimento de 300 milhões de dólares no Aeroporto de Lisboa, onde irá alocar mais três aeronaves a partir de novembro (para um total de sete aeronaves na base portuguesa) como parte da sua programação de Inverno 2021.

Com esta ampliação, a Ryanair operará 50 rotas (mais que a TAP*) e mais de 250 voos semanais desde Lisboa, incluindo 22 novas rotas para destinos em Itália, Marrocos, França, Espanha, Polónia, Reino Unido, Dinamarca, Alemanha, entre outros. Adicionalmente, a Ryanair programará 20 voos semanais adicionais em oito rotas da sua rede.

 

Novas rotas de Inverno 2021
RotaVoos semanaisRotaVoos semanais
Agadir4Palermo2
Barcelona4Marrakech2
Madrid4Tours2
Alicante3Wroclaw2
Tenerife3Alghero2
Lanzarote3Birmingham2
Billund2Bournemouth2
Karlsruhe-Baden-Baden2Fez2
Oujda2Bari2
Perpignan2Malta2
Brest2Cologne**2

**Nova rota de Inverno, Colónia foi lançada pela primeira vez durante o Verão 2021.

 

Rotas Inverno 2021 com aumento de voos semanais
RotaVoos semanaisRotaVoos semanais
London Stansted28 (+1)Paris Beauvais9 (+3)
Dublin14 (+3)Bologna7 (+3)
Ponta Delgada14 (+1)Terceira7 (+3)
Brussels-Charleroi12 (+5)Edinburgh3 (+1)

 

É agora imperativo que o Governo português apoie este investimento, acelerando o desenvolvimento das infraestruturas aeroportuárias de Lisboa (incluindo a abertura do Aeroporto do Montijo) e assegurando que a TAP não acumula faixas horárias de aterragem e descolagem em Lisboa que simplesmente não pode utilizar, devido à redução de 20% da sua frota.

O crescimento da Ryanair em Lisboa apoiará a recuperação da economia e da indústria turística (criando 4.000 empregos indirectos na região) e melhorará a conectividade numa altura em que a TAP está a reduzir a sua rede de rotas, frota e trabalhadores.

 

O Director Comercial da Ryanair, Jason McGuiness, afirmou:

“Temos o prazer de anunciar os nossos planos de expansão para Lisboa este Inverno com mais três aeronaves no aeroporto, o que representa um investimento de 300 milhões de dólares, e 22 novas rotas para destinos fantásticos em Itália, Marrocos, França, Reino Unido, Espanha, Polónia, Dinamarca e a Alemanha. A Ryanair operará mais rotas europeias de curta distância a partir de Lisboa do que qualquer outra companhia aérea neste Inverno, sendo um dos maiores investidores estrangeiros na economia portuguesa, criando emprego local e contribuindo anualmente com mais de 138 milhões de euros em impostos governamentais e taxas.

Continuamos empenhados em apoiar a indústria turística de Portugal e em recuperar conectividade após o impacto da pandemia. Esta expansão proporcionará 5 milhões de passageiros por ano em Lisboa e apoiará mais de 4.000 empregos directos e indirectos na região. 

Apelamos à Comissão Europeia para assegurar que a TAP deixe de acumular faixas horárias no Aeroporto de Lisboa que não pode utilizar, o que está a bloquear tanto a concorrência como a oferta dos consumidores em Lisboa. É agora vital que o Governo português e a Comissão Europeia apoiem o nosso plano de crescimento de 300 milhões de dólares, acelerando o desenvolvimento das infraestruturas aeroportuárias em Lisboa (incluindo a abertura do Montijo) e impedindo a TAP de acumular faixas horárias de descolagem e aterragem no Aeroporto de Lisboa, sem qualquer benefício para os contribuintes portugueses.

Continuaremos a transportar milhões de visitantes desde e para Portugal, investindo no sector turístico e normalizando as viagens, ao mesmo tempo que oferecemos aos clientes a maior oferta de rotas e as tarifas mais baixas”.