Ryanair E O Trinity College De Dublin Anunciam A Criação Do Primeiro Centro De Investigação De Combustíveis Sustentáveis De Aviação (SAF)

29 Apr 2021

A companhia aérea pretende operar 12,5% dos seus voos com combustíveis sustentáveis (SAF) até 2030.

Lisboa, 29 de abril 2021. A prestigiada instituição Trinity College de Dublin, em colaboração com a Ryanair, a companhia aérea mais eficiente da União Europeia, anunciaram o primeiro Centro de Investigação de Aviação Sustentável da Ryanair, que funcionará a partir do verão 2021. Uma iniciativa pioneira, a primeira do género na Irlanda, e que contempla o investimento de 1,5 milhões de euros por parte da companhia aérea. O Trinity College criará uma equipa de investigação multidisciplinar que se dedicará à investigação de combustíveis sustentáveis para a aviação, sistemas de propulsão de aeronaves e mapeamento do ruído.

Os resultados derivados desta investigação terão impacto nas políticas governamentais da UE e do mundo, contribuindo para uma aviação sustentável do ponto de vista ambiental e económico, bem como para orientar o investimento futuro da indústria aérea no sentido da sustentabilidade.

A Ryanair acredita que a indústria da aviação deve desempenhar um papel de liderança na luta contra as alterações climáticas, e está empenhada em mitigar o impacto do seu negócio no ambiente. Neste sentido, a companhia estabeleceu o objetivo de operar 12,5% dos seus voos diários com combustível sustentável até 2030. Esta medida, bem com o investimento em novos aviões Boeing, reduzirá significativamente tanto a sua pegada de carbono como o nível de ruído durante a próxima década.

A sustentabilidade e as tecnologias de baixa emissão de carbono são elementos essenciais dos novos conhecimentos que estão a ser estudados pela instituição académica. Este projeto faz parte da iniciativa conhecida como E3 de Engenharia, Ambiente e Tecnologias Emergentes do Trinity College de Dublin, e que aborda questões complexas e globais, tais como as que se colocam à indústria da aviação . Esta investigação visa desenvolver soluções sustentáveis para uma indústria que procura alcançar um futuro neutro em carbono e rentável com alternativas mais ecológicas para os seus clientes e para o planeta.

O Centro de Investigação de Aviação Sustentável da Ryanair será responsável pela investigação de três áreas principais:

  1. Combustíveis sustentáveis para a aviação
  2. Sistemas de propulsão de aeronaves com zero emissões de carbono
  3. Cartografia do ruído para frotas de aeronaves de baixo ruído

Tom Fowler, Director de Sustentabilidade da Ryanair, afirmou:

“O investimento de 1,5 milhões de euros contribuirá para a criação do primeiro Centro de Investigação de Aviação Sustentável na Irlanda. Representa um projeto extremamente estimulante e um elemento muito importante nos nossos objetivos ambientais, em linha com o nosso objetivo de operar 12,5% dos nossos voos com combustíveis sustentáveis até 2030. Como maior companhia aérea da Europa, temos a responsabilidade de minimizar o impacto do nosso negócio no ambiente, tornando os voos mais ecológicos e contribuindo para uma indústria mais sustentável, ao mesmo tempo que oferecemos as tarifas mais baixas e acessíveis para todas as famílias da UE.

Esta parceria com o Trinity College de Dublin visa informar e melhorar os futuros investimentos da indústria da aviação para assegurar um futuro neutro em carbono e a redução de ruído através do investimento em novas tecnologias. Estamos ansiosos por começar a trabalhar com o Professor Stephen Dooley e o Professor Stephen Spence, bem como com as suas equipas, que investigarão áreas essenciais, tais como combustíveis sustentáveis, sistemas de propulsão de aeronaves e mapeamento do ruído para frotas de aeronaves de baixo ruído. Desta forma, esperamos proporcionar à indústria os conhecimentos de que necessita para investir em combustíveis e tecnologias sustentáveis”.

Dr. Patrick Prendergast, Reitor do Trinity College Dublin, comentou:

“A necessidade crítica da Humanidade de enfrentar o grande desafio do nosso tempo, as alterações climáticas, exige novas abordagens em todas as frentes. A ciência e a investigação tecnológica têm um papel fundamental na procura das soluções certas para um mundo melhor, e a iniciativa E3 é a resposta do Trinity College a esta exigência. Através da utilização de tecnologias emergentes, as nossas equipas multidisciplinares de cientistas e engenheiros no novo Centro de Investigação de Aviação Sustentável abordarão questões importantes como a redução das emissões das aeronaves com combustíveis de aviação sustentáveis, a propulsão eléctrica e a redução do ruído. Temos o prazer de trabalhar com a Ryanair, que está empenhada em ser a companhia aérea mais limpa e mais verde da Europa, à medida que exploramos estes novos e desafiantes horizontes”.